quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Te encontro em uma mesa de bar

Me convida a sentar

Tomamos algumas bebidas

Logo começamos a nos esfregar

Sem receio

coloco minhas pernas

em cima das suas

suas mãos

insanas

começam a me alisar

beijos, carícias

excitação, tesão

vamos a outro lugar...

Abre a porta, um lindo lugar

Ao entrar, nada mais a esperar

tirou minha roupa

lambeu minha calçinha

me jogou em um colchão d’água

e começamos a trepar

chupou os meus peitos

alisando meu clitóris

não resistiu ao chamado

daquele cheiro incitante

que exalava de mim

meteu sua língua macia

com toda ousadia

me fezendo delirar

clamava seu nome

misturados aos outros nomes

que adoro te chamar

explodindo em tesão

enfiou-me a mão

me trocou de posição

penetrou-me por trás

e experimentei outra forma de prazer

foi muito delicado

nunca vou esquecer

Aquele colchão d’água

e os carinhos Del mi Rey

4 comentários:

  1. sem palavras, Inéfavel . Bom Texto

    obrigado , pela visita :D

    ResponderExcluir
  2. As vezes o tesão só espera desaguar e inudar os nossos corpos...

    Fique com Deus, menina Inventadas Verdades.
    Um abraço.

    ResponderExcluir